+55 11 98439 7810|wilson@ioparlo.com.br

Transformando experiência em saber compartilhado

Segunda-feira, 21 de Novembro de 2016

Eficiência nos serviços públicos: um urgente e inadiável diferencial

eficiencia

 

O recado está dado. Seja você um Gestor público ou privado. E o aviso já vem desde os tempos dos movimentos de manifestações Brasil afora até o momento decisivo das eleições de outubro passado, onde muitos políticos estrategicamente se posicionaram como Gestores para conseguir se reeleger ou até mesmo se eleger pela 1ª vez.

 

Os níveis de insatisfação que antes até conviviam com certo conformismo, meio que normal considerando o traço da personalidade do “jeito brasileiro de ser”, cede espaço à indignação e revolta e voltará como cobrança por parte dos clientes ou consumidores.

 

E a ação evolui para melhor porque conta com efetiva punição nas urnas, para os gestores públicos – normalmente políticos – e, impacta direto no resultado e imagem das empresas privadas, que contam com a mudança de comportamento de um consumidor disposto a usar todos os recursos possíveis para alcançar seu nível de satisfação ou expectativa em relação a determinado produto ou serviço por ele adquirido.

 

As mídias sociais e órgãos que representam o segmento ou setor do produto comprado, assim como instituições reguladoras e entidades que defendem o direito ao consumidor também têm sido forte aliados no combate ao descaso, desprezo, indiferença e má qualidade dos serviços prestados pelas esferas públicas e privadas.

 

Não dar retorno, então, – também objeto de meu recente artigo onde o classifiquei como o diferencial da Educação – principalmente quando envolve a resolução de um problema, uma falha, um defeito, tem efeito turbinado no combate ao péssimo atendimento ao cliente.

 

Os motivos dessa péssima qualidade dos serviços prestados, principalmente no setor público, vão desde “falta de gente ou de recursos”, funcionários despreparados, desqualificados, ineficiência de gestão a ponto desta contaminar um cultura governamental onde grande parte dos Gestores Públicos acreditam ser esta qualidade atual o padrão de qualidade a ser oferecido à população.

 

Uma Pesquisa da CNI – Confederação Nacional da Indústria – realizada em julho 2016 revela que 90% dos brasileiros se dizem insatisfeitos com a prestação dos serviços públicos considerando o valor dos impostos pagos. E o alerta serve também às empresas privadas – especialmente as que possuem grande massas de clientes – que vivem ou atuam muito próximas da realidade do setor público.

 

Por isso, o resumo da ópera está na atitude das lideranças empresariais dos setores públicos e privados em pautar o tema como um indicador urgente e inadiável na direção de melhorar e aperfeiçoar qualidade dos serviços prestados.

O diferencial de mudar está em suas mãos!

 

 

Wilson Medeiros Palestrante com atuação nos campos de vendas, gestão, liderança e motivação. Acompanhe também no Facebook, no Instagram e no Linked In. Acesse o site: www.wilsonmedeiros.com.br.

 


Wilson-Medeiros-10-Eficiência-nos-serviços-públicos-3.pdf
Download