+55 11 98439 7810|wilson@ioparlo.com.br

Transformando experiência em saber compartilhado

Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2016

Expectativa e Ansiedade, sentimentos que podem ofuscar o seu diferencial

31-poduwzge-mauro-mora

 

O cenário desafiador da economia brasileira tem gerado, é o que eu mais vejo, um grande e natural aumento de preocupação em profissionais, empreendedores e até mesmo nas grandes marcas. Aliás, a “Marca Brasil” caiu  em 2016, três posições no ranking de valor segundo matéria publicada no último dia 08. E o que isso significa em termos práticos? Que executivos, gestores públicos e empresários estão nadando contra a maré para manter as coisas nos eixos. E é na esperança da melhora deste cenário que residem dois elementos que podem agir contra ou a seu favor: a ansiedade e a expectativa.

 

Em geral, tanto a ansiedade quanto a expectativa geram um certo desespero e incentivam ações impulsivas, intempestivas  e pouco estratégicas. Nessa situação – um profissional desempregado ou, até mesmo, um empresário reiventando o negócio -,  que está tentando fazer sua travessia, precisa ter uma consciência muito mais focada e inteligente e usar esses dois sentimentos a seu favor.

 

O primeiro passo é conhecer o processo. Estudar os métodos e modelos de prospecção, conhecer as tendências da forma de ingresso no mercado onde você atua. Observar e aprender. Depois de colocar em prática, o ideal é se questionar se a estratégia está dando certo, isto é, se ela foi a mais eficaz possível. Se ela é inovadora, ou, se não, ao menos que tenha algum elemento de destaque dentro daquilo que já é feito por outros.

 

É muito tênue a linha que separa o aguardo verdadeiramente necessário (inclusive, “paciência” já foi tema de artigo nosso e muito recomendado como complemento desse texto) da passividade, mas existem maneiras de identificar em que momento você pode estar nessa empreitada. O primeiro deles, é claro, é a reflexão e auto questionamento. É sempre necessário que se meça em tempo qual é o ideal de espera  e que se trace um plano para o que fazer depois que exceder esse prazo. A ansiedade é o combustível do inquieto, que é o profissional inconformado com sua situação. E a expectativa precisa ser sua meta, e, por isso, deve seguir etapas para que se concretize.

 

É fundamental você ter absoluto entendimento de que existem fatos, coisas e situações que efetivamente dependem de sua atitude, de seus atos, traduzindo, de você mesmo. Nesse sentido, nosso convite  é que você invista cada vez mais na prática do exercício de aprofundar o autoconhecimento,  para não terceirizar às mãos de outros sua esperança, suas metas, seus sonhos, suas realizações. Portanto, a liderança deste processo ou  desta perspectiva é de caráter intransferível e indelegável,  considerando os ganhos envolvidos de compreensão, autonomia e consciência.

 

 

Wilson Medeiros
Palestrante com atuação nos campos de vendas, gestão, liderança e motivação. Acompanhe também no Facebook, no Instagram e no Linked In. Acesse o site: www.wilsonmedeiros.com.br.

 


Wilson-Medeiros-13-Expectativa-Ansiedadepdf.pdf
Download